Content

Saúde

Qual a relação entre o Coronavírus e a vitamina D?

Postado: 06, Abril 2020

A vitamina D ou Colecalciferol é conhecida por desempenhar uma série de papéis fundamentais em nosso organismo, sendo uma de suas principais funções, a de contribuir com a modulação do sistema imunológico, especificamente nos casos estudados, a redução do risco de infecções respiratórias de origem viral, incluindo aquelas causadas por coronavírus e a capacidade da vitamina D de neutralizar os danos pulmonares causados ​​pela hiperinflamação.

 

A pesquisa

Na último dia 26/03 foi publicado um estudo científico da Universidade de Turim, coordenado pelo professor Giancarlo Isaia, docente em geriatria e presidente da Academia de Medicina da cidade italiana, e por Enzo, Medico, professor de histologia (estudo de tecidos).

A pesquisa mostrou que “…os pacientes com a COVID-19 apresentam uma prevalência muita alta de deficiência de vitamina D”. Isso poderia explicar o impacto da epidemia no auge do inverno no hemisfério norte, quando as populações tem a menor exposição anual à luz do sol, que é fundamental para produzir a vitamina D.

A vitamina D é necessária para o bom funcionamento do nosso sistema imunológico, que é a primeira linha de defesa do corpo contra infecções e doenças. Estudos anteriores já demonstram que baixos níveis de vitamina D, têm sido associados a uma maior suscetibilidade a infecções, doenças e distúrbios relacionados ao sistema imunológico.

Baixos níveis de vitamina D também estão associados ao aumento do risco de desenvolver doenças respiratórias, incluindo tuberculose, asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), além de infecções respiratórias virais e bacterianas. Além disso, a deficiência de vitamina D tem sido associada à diminuição da função pulmonar, o que pode afetar a capacidade do seu corpo de combater infecções respiratórias.

Você já deve estar entendendo a importância da Vitamina D para o seu sistema imunológico em relação a um possível contagio de COVID-19, não é mesmo?

Vale ressaltar também, que indivíduos com idade avançada estão propensos a serem mais deficientes em vitamina D, passando a correr maior risco de desenvolver complicações agudas relacionadas ao Coronavírus.

 

Mas como eu faço para aumentar meus níveis de Vitamina D? 

Além da exposição ao sol, você pode incluir alimentos específicos na sua dieta, confira abaixo uma lista de alimentos ricos em Vitamina D que poderão contribuir com a sua necessidade diária:

Salmão

Sardinha

Atum

Ovos

Cogumelos

entre outros

 

Suplementos de vitamina D podem ajudar muito!

Você ainda pode fazer uso de suplementos líquidos ou em cápsulas de vitamina D, pois além de oferecer praticidade, eles ainda nos dão a capacidade de suprir mais rapidamente a deficiência deste importante micronutriente, uma vez que a partir dos 30 anos, sua síntese começa a diminuir gradativamente. Em idosos com idade acima dos 70 anos a produção é 4x menos que um jovem de 20 anos.

No entanto é importante salientar que neste artigo estamos apresentando informações para que você possa fortalecer o seu sistema imunológico e assim suportar melhor um possível contágio com o Coronavírus, pois até o momento, não há vacina ou medicamento disponível com eficiência comprovada para previnir ou tratar as complicações mais agressivas causadas pelo COVID-19.

As medidas preventivas indicadas pelo Ministério da Saúde Brasileiro e a OMS continuam sendo:

Lavar regularmente as mãos com sabão e fazer uso de álcool gel nos intervalos.

Usar máscaras e outras medidas para evitar que gotículas de saliva sejam dispersadas próximos de pessoas e nos ambientes.

Não colocar as mãos nas mucosas como olhos, narinas e boca.

Manutenção do distanciamento social por aqueles que puderem, em especial as pessoas do grupo de risco.

Então vamos fortalecer nossa imunidade com tudo que a natureza nos proporciona e fazer o possível para evitar o contágio, juntos venceremos esse vírus!

Dev

SouzaOliveira Publicidade

Seu Pedido
0

Você não tem itens
no seu pedido

Continuar Comprando