Content

Saúde

Por que consumir óleo de alho?

Conheça os benefícios do alho, um suplemento utilizado desde a antiguidade.

Postado: 19, Março 2020

Talvez um dos mais antigos suplementos consumidos. O óleo de alho é utilizado desde o antigo Egito pelos inúmeros benefícios que ele traz. Pesquisas mostram que o consumo de alho no formato de óleo é a forma mais eficaz de consumir todos os benefícios desta substância.

Quais os benefícios do consumo diário do óleo de alho?

  O alho é um ingrediente geralmente utilizado pela culinária mundial como tempero. Rico em vitaminas e minerais, a extração do óleo de alho consegue preservar estas características. 
 

Não é a toa que o alho é popularmente utilizado para afastar vampiros, ele é um conhecido anti inflamatório, antibacteriano e antioxidante. Contém alicina, um ativo antibacteriano e antioxidante que traz vantagens para a saúde e beleza. 

  1. É um ótimo aliado a saúde cardíaca;
  2. Ajuda no controle da pressão arterial e diminuição do colesterol;
  3. Colabora com o fortalecimento do sistema imunológico;
  4. Auxilia no controle da prisão de ventre;
  5. Benéfico na prevenção do câncer de estômago, pâncreas, cólon, esôfago, e próstata;
  6. Ajuda no controle de diabete tipo 2;
  7. Atua na prevenção do envelhecimento precoce;
  8. Ajuda a deixar os cabelos mais bonitos;
  9. Óleo de alho tem propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas;
  10. Ajuda no combate a acne;

 

Como tomar o óleo de alho? 

Cada óleo de alho possui uma concentração e especificação. Aqui colocaremos a recomendação de consumo do óleo de alho da Katiguá. Recomendamos o consumo de 2 cápsulas diárias, antes ou após as principais refeições.

Clique aqui para comprar seu Óleo de Alho - Katiguá

Contraindicações

Não existem contra indicações referentes ao consumo de óleo de alho. Porém não é indicado seu consumo por lactantes, pois pode ocorrer alterações de sabor no leite materno, ocasionando possível rejeição na hora da amamentação. 
Efeitos colaterais 
Existem raríssimos casos de alergia a óleo de alho. No entanto há casos conhecidos de mal-estar, náuseas, vômitos, e dores no estômago. 
Pode ocorrer excesso de transpiração e o odor corporal. São reações incomuns coceira, inchaço no rosto, língua ou na garganta, tonturas, erupção cutânea, dificuldade para respirar, hemorragias e hematomas.

Curiosidades do óleo de alho

Há muitos séculos o alho é visto na crença popular como um elemento que oferece proteção contra energias maléficas. Acredita-se que esta crença teve início por, ao ser colocado ao ar livre absorver as impurezas que se encontram em seu redor, e tornar-se negro. Por este motivo, os vampiros, popularmente ligados às forças maléficas, ao entrar em contato com esta substância, perdem as forças e ficam mais vulneráveis. 
 

Dev

SouzaOliveira Publicidade

Seu Pedido
0

Você não tem itens
no seu pedido

Continuar Comprando