Content

Dieta

CAFÉ FUNCIONAL: SEUS EFEITOS EM NOSSO CORPO.

Postado: 24, Maio 2019

O café é, depois da água, a bebida mais consumida em todo o mundo. Considerado um alimento nobre e saboroso, ele é parte da cultura de muitas sociedades ao redor do globo, e, por isso, sempre é um dos candidatos a estar presente na mesa de qualquer pessoa.

Você sabia que, além de popular, o café é tido por muitos especialistas como uma bebida que pode trazer muita saúde? Algumas das características desse alimento podem favorecer o funcionamento do sistema corporal, garantindo longevidade e qualidade de vida, e, em alguns casos, até o emagrecimento pode ser considerado um efeito da bebida.

Ainda não acredita que isso seja verdade? Ficou curioso para saber se existe o café que emagrece e se ele, realmente, consegue trazer tantos benefícios para sua saúde? Aproveitamos o Dia Mundial do Café pra contar um pouco mais sobre o que essa bebida pode fazer por você!

Tem ação termogênica, que favorece o emagrecimento saudável e eficiente
O café é um termogênico poderoso e capaz de mudar completamente o metabolismo corporal de quem consome essa bebida. É por isso que esse ingrediente está sempre presente na composição de estimulantes para o dia a dia ou para a prática de exercícios físicos. Essa característica do café também é muito interessante para quem está querendo emagrecer. Com o metabolismo acelerado é mais fácil para o organismo utilizar as reservas de gordura para produzir energia e, dessa maneira, incentivar o emagrecimento.

O café estimula a atenção, memória e concentração
Pense em uma bebida que pode fazer muito bem para o funcionamento do seu cérebro: essa é o café. Uma das pesquisas na área da saúde mais populares realizada nos Estados Unidos, a NHANES (Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição dos Estados Unidos), mostrou que o café atuava com efeito protetor contra o desenvolvimento de doenças, como o Alzheimer, o Parkinson e a Diabetes. Pelo menos três xícaras da bebida por dia podem reduzir em até 50% o risco de desenvolver essas doenças. Além disso, beber café regularmente pode te deixar mais atento, concentrado e com boa memória, por conta da presença da cafeína em sua composição.

Faz muito bem para a saúde do fígado
Quem toma café também tem o fígado mais saudável. Pelo menos é o que aponta o Instituto Nacional do Câncer de Bethesda, em Maryland, nos Estados Unidos. Pesquisadores do Instituto afirmam que o café conta com compostos que reduzem a produção de fibrose em pacientes com quadros de esteatose hepática (ou gordura acumulada no fígado). Essa vantagem é vista não apenas nesses pacientes, que podem adotar a bebida como parte do tratamento, como também em indivíduos que querem evitar o desenvolvimento da doença.

Ação antioxidante poderosa e protetora
Essa é bebida rica em compostos antioxidantes, que protegem o organismo da ação de radicais livres que agem diretamente na lesão e envelhecimento das nossas células. Essa ação protetora oferecida pelos radicais livres favorece a proteção de tecidos mais sensíveis ao desenvolvimento de alguns tipos de câncer, como a mama, próstata, bexiga e fígado. Por isso, além de retardar o envelhecimento dos tecidos corporais, o cafezinho do dia a dia atua como um importante protetor contra o câncer.

Importante para a saúde cardiovascular
Você sabia que ele também pode ser bom para o seu coração? Essa bebida é rica em um composto chamado flavonoide (também muito encontrado nos vinhos tintos), e que é conhecido por melhorar o funcionamento de todo o sistema cardiovascular. Dessa maneira, o risco de desenvolver doenças cardíacas é relativamente menor em quem tem o hábito de tomar café.

Tem cafeína e pode auxiliar no tratamento da dor de cabeça
Se você já parou para conferir a bula de seus remédios para dor de cabeça, deve ter percebido que um dos compostos encontrados nos medicamentos é a cafeína. Esse termogênico é um dos responsáveis por controlar as dores de cabeça, já que aumenta a vascularização dos tecidos cerebrais e diminui a contração dos vasos, que pode ser responsável pelo sintoma desconfortável das dores.

Alimenta e prolifera a flora bacteriana, protegendo o trato gastrointestinal
Um poderoso alimento para a flora bacteriana, a bebida pode auxiliar no desenvolvimento de doenças no trato gastrointestinal por conta de suas características nutricionais, que aumentam a produção de bactérias saudáveis nesta região. Dessa maneira, é mais fácil controlar o desenvolvimento de bactérias patogênicas e que podem prejudicar a saúde do tecido. O café Katigua (confira o link no final da matéria) é um bom exemplo de bebida que combina a cafeína com outros compostos igualmente termogênicos para tornar o efeito emagrecedor dessa bebida ainda mais eficiente. Além disso, a concentração de inulina nesse produto é um excelente controlador do apetite, favorecendo o baixo consumo de calorias. O café é uma bebida poderosa, saborosa e saudável, que não deve de maneira alguma faltar na sua rotina.

Benefícios da erva mate

A erva mate contém cafeína em quantidades importantes, bem como antioxidantes, potássio, aminoácidos e vitaminas. Os principais benefícios da erva mate para a saúde são:

Ajuda na saúde cardiovascular. Graças à boa quantidade de antioxidantes, o mate pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, evitando que o colesterol e a gordura se acumulem nas artérias. Este é um aspecto sumamente importante do consumo desta tradicional bebida.

Aumenta o colesterol bom. Do mesmo modo que o anterior, em um estudo recente realizado pela Universidade de Illinois (Estados Unidos), foi demonstrado que o consumo do mate aumenta a quantidade de colesterol bom. Este tipo de colesterol, também conhecido como HDL, ajuda a prevenir ataques cardíacos.

Ajuda a retardar o envelhecimento. Como resultado da ação dos antioxidantes, o consumo regular do mate ajuda a prevenir a oxidação e o desgaste das células.

Oferece resistência física. Tomar mate colabora com a aceleração do metabolismo, e assim o corpo consome de maneira mais rápida os carboidratos. O aumento da energia se deve tanto à queima das calorias consumidas com os alimentos, quanto as que se encontram armazenadas no organismo em forma de gordura.

Benefícios da Inulina – Para que serve

Veremos a seguir os benefícios esperados ao aumentar o consumo de inulina na dieta.

1. Saúde intestinal

Como já comentado, a inulina é uma fibra solúvel, e quando é misturada com algum líquido, ela forma um gel que é ideal para aliviar naturalmente a constipação. Dessa maneira, a inulina se apresenta de forma semelhante aos lipídios (gorduras), que também ajudam a lubrificar o sistema digestivo e diminuir o risco do surgimento de hemorróidas.

A inulina é composta de frutano, um tipo de açúcar. O frutano aumenta a biomassa fecal e o teor de água das fezes, sendo assim, irá melhorar a rotina intestinal, já que contribui com as funções gastrointestinais e fermenta rapidamente no cólon para produzir bactérias saudáveis.

Um estudo publicado em 2011 no International Journal of Food Sciences and Nutrition examinou os efeitos da inulina da chicória em idosos constipados. Ao longo de 28 dias, os participantes ingeriram diariamente 15mg da raiz de chicória e os pesquisadores descobriram que “a suplementação diária com 15mg de inulina melhora a constipação e qualidade de vida em uma população idosa com problemas de intestino preso”.

Além disso, a fermentação do frutano contribui para uma flora intestinal saudável, podendo reduzir o risco de câncer e doenças cardíacas e fortalecer do sistema imunológico.

2. Auxilio no Tratamento da Diabetes

Um estudo com 49 mulheres diabéticas relatou que aquelas que tomaram inulina tiveram uma resposta melhor ao açúcar, apresentaram níveis mais baixos de glicemia e aumentaram a atividade antioxidante. Embora seja necessária mais pesquisa, um sistema digestivo saudável tem grande importância.

Além de controlar os níveis de açúcar, a inulina contribui com a redução da gordura acumulada no fígado em pessoas pré-diabéticas.

Veja também: Pré-diabetes – Causa, sintomas e tratamento.

3. Reduz a taxa de colesterol

Uma pesquisa mostrou que algumas fibras solúveis podem ajudar a reduzir o colesterol no sangue, o risco de arteriosclerose e os níveis de glicose. O que parece acontecer é uma associação inversa entre ingestão de fibras e pressão arterial sistólica e diastólica, níveis de colesterol total e triglicerídeos.

As fibras solúveis na dieta podem ajudar a reduzir o colesterol LDL no sangue (“colesterol ruim”), interferindo na absorção do colesterol na dieta e reduzindo o risco de hipertensão, doenças cardíacas e síndrome metabólica.

4. Aumenta a absorção de cálcio

A inulina pode melhorar a absorção de eletrólitos, incluindo cálcio e possivelmente o magnésio. Os efeitos prebióticos benéficos gerados da inulina dentro do intestino, especificamente, ajudam com o crescimento de bactérias intestinais benéficas que são necessárias para várias funções metabólicas.

Como visto em um estudo de 2005 publicado no American Journal of Clinical Nutrition, em populações de alto risco para deficiência de cálcio (especialmente meninas mais novas e mulheres mais velhas), o uso de inulina de chicória ajudou a aumentar a absorção adequada de cálcio, o que pode oferecer proteção contra problemas a longo prazo, como osteoporose.

O consumo diário de uma combinação de frutanos prebióticos do tipo inulina de cadeia curta e longa aumentou significativamente o cálcio, o suficiente para melhorar a mineralização óssea durante a puberdade.

Veja mais: Deficiência de cálcio – Sintomas, causa, fontes e dicas.

5. Inulina emagrece?

Uma série de estudos mostrou o potencial de inulina para ajudar na perda de peso. Entre os adultos com sobrepeso e obesidade, aqueles que tomaram 21 gramas de inulina por dia tiveram diminuições em seus hormônios da fome e aumentaram os hormônios de saciedade. Além disso, eles perderam mais de dois quilos, enquanto o grupo que não tomou o suplemento ganhou um quilo.

Um estudo em ratos também mostrou o potencial de inulina para ajudar com a perda de peso. Os ratos alimentados com uma dieta rica em gordura com ou sem inulina ou betaglucano (outro prebiótico) tiveram menor ganho de peso corporal, significativamente menor gordura corporal total e um aumento no número de bactérias benéficas, incluindo Bifidobacterium e Lactobacillus-Enterococcus.

Embora os estudos tenham mostrado que a inulina emagrece, é indispensável uma dieta regulada e exercícios físicos para que se chegue ao resultado esperado. Manter o seu intestino funcionando corretamente contribuirá muito com a busca da redução do peso.


Que tal uma deliciosa xícara de café para saborear agora depois de ler esse artigo?
https://katigua.com.br/product/103/cafe-katigua-100g

Dev

SouzaOliveira Publicidade

Seu Pedido
0

Você não tem itens
no seu pedido

Continuar Comprando